WhatsApp: Como os grupos e as comunidades transformaram a comunicação de marcas e criadores?

Por Larissa Ferreira
whatsapp

 WhatsApp: Como os grupos e as comunidades transformaram a comunicação de marcas e criadores?

Com mais de 2 bilhões de usuários no mundo, não é à toa que o WhatsApp se tornou uma das principais formas de se comunicar com amigos, familiares, colegas de trabalho e até empresas. 

Só no Brasil, a rede social conta com cerca de 147 milhões de usuários, segundo o levantamento da Statista. Prático, gratuito e muito simples de usar, o WhatsApp se tornou um meio essencial para trocar mensagens, imagens, vídeos e tantas outras coisas, seja individualmente ou em grupos. 

Leia também: WhatsApp: aprenda como verificar se um número está ativo na plataforma.

E buscando conectar cada vez mais as pessoas, a plataforma vem criando novos recursos, como as comunidades, e atualizando alguns recursos mais antigos, como os grupos. 

Neste artigo, vamos falar um pouco mais sobre como esses dois recursos funcionam e como criadores de conteúdo e marcas podem usar cada um deles para monetizar dentro da plataforma.

Continue a leitura!

Evolução da troca de mensagens: de individual para os grupos

Antes de 2009, trocar mensagens não era tão simples quanto hoje em dia. Para falar com os amigos, era preciso estar com o celular carregado com crédito e, ao invés das mensagens instantâneas, a tendência era a troca de torpedos.

Mas a chegada do WhatsApp mudou essa dinâmica, praticamente aposentando os SMS, que atualmente são utilizados principalmente por empresas. 

Leia também: Como impulsionar o seu negócio com o WhatsApp Business.

Inicialmente idealizado como um aplicativo de mensagens pessoais, o WhatsApp expandiu rapidamente suas funcionalidades para incluir grupos, aumentando a interação entre os usuários e permitindo que as pessoas trocassem mensagens com muito mais gente ao mesmo tempo.

 Grupos de WhatsApp

Os grupos do WhatsApp são espaços onde diversos usuários podem enviar mensagens, compartilhar vídeos, trocar fotos e informações com vários contatos ao mesmo tempo. 

Eles são ótimos espaços para qualquer tipo de comunicação: Seja com amigos, família, o pessoal do trabalho, colegas de faculdade ou até mesmo com os vizinhos. 

O principal objetivo dos grupos é a comunicação com várias pessoas ao mesmo tempo, facilitando as conversas sobre os mais diferentes assuntos.

Como criar um grupo na plataforma?

Criar um grupo no WhatsApp é simples, mas caso você ainda se enrole um pouco para fazer isso, siga os passos abaixo:

  1. No WhatsApp, clique no menu acima da lista de conversas ou no ícone de “Nova conversa”.
  2. Clique em “Novo grupo”.
  3. Selecione os contatos que você deseja adicionar ao grupo.
  4. Escolha o nome e a imagem do grupo.
  5. Configure as permissões do grupo.
  6. E, para salvar, basta clicar na opção “Criar”.

O que é possível configurar dentro de um grupo?

Com os novos recursos, agora é possível:

  • Ativar e desativar a opção de mensagens temporárias;
  • Habilitar quando se membros podem enviar mensagens;
  • Permitir ou não que pessoas que não sejam admins editem as configurações do grupo;
  • Definir se todos os integrantes do grupo podem autorizar novos membros;
  • Fixar mensagens;
  • Convidar pessoas via link;
  • Incluir o grupo a uma comunidade.

O que são e como funcionam as comunidades no WhatsApp?

As comunidades surgiram como uma forma de organizar e gerenciar vários grupos em um espaço, geralmente conectados por um tema central.

Nesse recurso, os adminis conseguem enviar mensagens simultaneamente para todos os grupos e alcançar até 5 mil pessoas e 50 grupos de uma vez.

Os participantes têm a opção de pesquisar por grupos existentes dentro da comunidade ou de iniciar um novo se preferirem, e para encontrar, basta acessar a página principal do aplicativo, próximo à seção de “Chamadas”. 

Qual a diferença de uma comunidade para um grupo?

A principal diferença está na escala e na organização. 

Enquanto grupos permitem uma quantidade mais limitada de membros e geralmente têm um objetivo específico, as comunidades podem abranger diversos grupos menores, cada um com seu próprio propósito, mas todos conectados por um foco central.

Como, por exemplo, a comunidade de um condomínio, que pode ter grupos separados para avisos, para a comunicação entre os moradores, para tirar dúvidas com os responsáveis pelo prédio, etc.

Como criar uma comunidade no WhatsApp?

Para criar uma comunidade, o processo também é super simples!

Se liga no passo a passo:

  1. Acesse a aba “Comunidades”.
  2. Clique em criar uma “Nova comunidade”.
  3. Escolha o nome da comunidade, escreva uma descrição e selecione a imagem.
  4. O nome pode ter até 100 caracteres.
  5. A descrição deve apresentar aos participantes uma ideia geral sobre o assunto da comunidade.
  6. Clique no ícone ✅e pronto!

Qual o melhor para as marcas: os grupos ou as comunidades?

A escolha entre grupos e comunidades depende do objetivo da marca. Grupos são melhores para interações com menos pessoas e um assunto específico, como o lançamento de um webinar sobre o mercado de influencers, por exemplo. 

Já as comunidades são ideais para alcançar um público maior, como, por exemplo, pessoas que vão participar de um grande evento de marketing, dividido em vários subgrupos, como: espaço para os participantes interagirem, grupo de avisos e informações importantes dos organizadores, um grupo para organizadores e participantes tirarem dúvidas, etc.

Quais são as vantagens e desvantagens de cada recurso?

Enquanto os grupos permitem uma comunicação direta e mais próxima com os membros, eles são mais limitados, o que pode não ser ideal para quem precisa lidar com muitas pessoas ao mesmo tempo.

Diferente dos grupos, a principal vantagem das comunidades é a possibilidade de alcançar muitas pessoas ao mesmo tempo, além de facilitar a organização. Porém, a desvantagem é que elas podem passar a impressão de que as mensagens são mais genéricas e impessoais, já que são direcionadas para muitas pessoas.

Como os grupos ajudam na criação e monetização das comunidades?

Os grupos podem ser ótimos meios para construir um relacionamento com as pessoas engajadas com a sua marca, seja como um canal para compartilhar novidades, trocar experiências ou permitir que os membros interajam entre si, por exemplo.

Muitos criadores de conteúdo e influencers estão aproveitando essa oportunidade para monetizar através de comunidades onde os membros pagam para acessar conteúdos exclusivos, dicas, ofertas especiais ou para ter acesso direto aos influencers por trás da marca.

Essa é uma ótima oportunidade para aumentar a autoridade, gerar mais interação e usar a plataforma para ganhar dinheiro, já que diferente de outras redes sociais, o WhatsApp não trabalha com monetização.

Como as comunidades podem ajudar a impulsionar as vendas online

As comunidades podem ser um ótimo canal para promoção direta de produtos e serviços, ofertas exclusivas e um espaço para criar uma experiência de marca mais íntima e personalizada com os membros. 

Tudo isso contribui para a percepção do consumidor sobre a marca, o que pode diferenciar a sua empresa de outras na hora que o cliente for comprar um produto ou serviço que você ofereça. 

Leia também: 4 ferramentas para te ajudar a impulsionar as vendas do seu negócio online.

Criadores e influencers que já usam esses recursos 

Os grupos e comunidades do WhatsApp são ferramentas que podem gerar ótimas oportunidades para marcas e criadores que querem inovar na plataforma.

whatsapp

Eles oferecem diversas possibilidades para melhorar a comunicação e o engajamento com o público, além de serem uma forma de monetizar na plataforma por meio de conteúdos exclusivos e personalizados. 

Larissa Ferreira

Relacionado