Linklist logo
6 aplicativos de música para divulgar e viralizar o seu trabalho

6 aplicativos de música para divulgar e viralizar o seu trabalho

por Bianca Pereira

Publicado em 03 de junho de 2022

A internet se tornou indispensável para quem quer crescer o seu negócio. Para bandas e artistas, as redes sociais e apps se tornaram uma verdadeira mão na roda, ou melhor, uma vitrine exposta para o mundo. Quem nunca se pegou cantando aquela música que está bombando no Instagram ou TikTok, mas nunca tinha ouvido falar do artista? Esse é o poder da internet. Por isso, hoje, vamos te indicar 6 aplicativos de música para divulgar e viralizar seu trabalho. 

Porém, antes de criar expectativas sobre esses aplicativos de música, você precisa saber que, pra viralizar, é preciso entender como criar uma narrativa ao redor da sua música e como fazer essa narrativa ser envolvente a ponto de conquistar uma pessoa atrás da outra em compartilhamentos seguidos. Afinal, o processo criativo não acaba depois que seu single tá pronto, né? 

Dito isso, tem muitas formas de explorar suas criações e vários aplicativos cheios de gente pra interagir com elas. Vamos nessa?

TikTok 

tiktok juliette

O TikTok é um aplicativo criado para o compartilhamento de vídeos curtos, com alto poder de viralização. O seu alcance é tão grande por aqui, que o Brasil é o segundo país no mundo a consumir mais conteúdos dentro da plataforma. O app vem revolucionando a indústria musical e a forma como consumimos música.

Tanto artistas consolidados quanto os independentes, que não tem nenhum tipo de investimento financeiro, já chegaram ao topo das paradas por causa de algum sucesso que estourou por lá. Como a banda Jovem Dionísio com o hit Acorda Pedrinho e Say So da cantora Doja Cat, que apresentou a artista pro mundo. Além disso, músicas que foram sucesso em outra época também voltaram a ser tendência nos dias atuais, como Feeling Good de Michael Buble e I’m Just a Kid da banda Simple Plan.

O TikTok se tornou uma parte importante da estratégia de marketing de quase toda a indústria musical, por isso, algumas gravadoras estão pressionando para que seus artistas lancem algum viral na plataforma para que possam receber investimentos, como alguns artistas vêm relatando nos últimos dias

Com milhares de usuários que postam vídeos diariamente, um obstáculo é viralizar e se destacar. Por isso, muitos artistas lançam desafios musicais nos quais as pessoas reproduzem uma coreografia para aquele hit e o torna uma febre. Como a cantora Anitta, com o single Envolver, que impulsionou a sua carreira internacional e foi coreografada por pessoas do mundo todo. Os desafios também podem ser feitos de várias outras formas, como uma brincadeira, fotos contando uma história e por aí vai. 

Para colocar a sua música na biblioteca do TikTok, você precisa se inscrever em um distribuidor de música como o iMusician, que vai enviar sua música para o app, pois não é permitido o upload de músicas diretamente. Depois você deve selecionar a parte da música que deseja ter na rede social,  que deve durar até 60 segundos no máximo. Os sons oficiais são encontrados na biblioteca de som do app e podem ser usados nos vídeos dos criadores. 

Spotify 

spotify

Presente em 65 países e com mais de mais de 340 milhões de usuários ativos por mês, o Spotify se tornou um dos maiores streamings de música do mundo. A plataforma sueca oferece espaço para artistas independentes e gravadoras multinacionais promoverem a sua música. 

O streaming oferece dois tipos de planos para os usuários: o premium e o gratuito. Apesar disso, o Spotify paga toda vez que a sua música for tocada. Então além de compartilhar seu trabalho, você ainda recebe dinheiro por isso! 

No entanto, não é possível hospedar sua música diretamente no app se você for um artista independente. Nesses casos, é preciso utilizar um distribuidor de música digital como o iMusician

Além disso, existem algumas diretrizes que devem ser cumpridas para que a sua música seja aceita pelo app:

  • São permitidas apenas as canções sobre as quais você possui direitos autorais
  • Faixas com samples devem ter a aprovação do proprietário
  • Covers são válidos se você tiver a permissão 
  • Arte de capa e imagens vinculadas nela também só são permitidas se você tiver os direitos necessários
  • O seu nome deve estar escrito corretamente para que não apareça em perfis diferentes e dificulte que seu trabalho seja encontrado pelos usuários

Além do Spotify, busque publicar o seu trabalho em outras plataformas de streaming, para que o número máximo de pessoas tenha acesso a ele. 

Os aplicativos de maior destaque são Deezer, Apple Music, Tidal, Amazon Music, YouTube Music e Resso. A maioria deles tem suporte ao iMusician, a plataforma de distribuição que recomendamos acima.

Soundcloud

soundcloud

Presente há mais de 10 anos no mercado, o Soundcloud é uma das plataformas musicais mais populares para quem está começando. O streaming é gratuito e permite que você hospede e compartilhe os arquivos das suas músicas, sem limite de tamanho. 

O aplicativo se destacou por causa dos seus recursos sociais e permite a interação direta entre criador e fãs. Também é possível criar sua página e publicar fotos, gráficos e imagens, além das faixas de áudio. 

São permitidos até 180 minutos de áudio gratuitos para upload. Caso você queira mais do que isso, é preciso assinar o plano ilimitado. Já os formatos de áudio compatíveis são WAV, FLAC, AIFF ou ALAC. O formato MP3 também é permitido, porém pode perder a qualidade na hora que o upload for realizado. 

Você também deve ficar atento para não violar nenhum direito autoral ou seu conteúdo será removido imediatamente da plataforma. 

YouTube Music

youtube music

Responsável por viralizar muitos artistas que saíram do anonimato para uma fama mundial, o YouTube se consolidou como uma das principais ferramentas para quem trabalha com música. O YouTube Music é um dos braços do YouTube e se destaca por oferecer um acervo extenso de vídeos, remixes, singles, álbuns e clipes musicais. 

A plataforma possui duas versões: uma gratuita com conteúdos publicitários e outra com assinatura mensal, que permite ouvir músicas offline e com a tela do celular bloqueada. Para hospedar uma música no streaming é preciso criar o Canal Oficial do Artista (OAC), que também permite conversar com o seu público. 

Para realizar o upload de uma música basta acessar seu perfil e clicar no seu avatar que vai aparecer a opção enviar música. O arquivo deve ter um dos seguintes formatos: FLAC, M4A, MP3, OGG e WMA.

Instagram

reels instagram

Se engana quem pensa que o Instagram serve apenas para publicar fotos! Há alguns anos o app se tornou versátil e se transformou em uma plataforma de mídia social completa. Para quem trabalha com música, existem várias opções dentro da  rede social, além das imagens. 

Você pode ter suas músicas disponibilizadas para reprodução nos Stories, Reels e Feed na biblioteca do app através do Instagram Music. Para ter a sua música veiculada na rede social é preciso trabalhar com uma distribuidora digital, como a ONErpm, para que ele possa enviar a sua música para o Facebook aprovar e inserir no Instagram. O upload direto no Instagram não é possível.

Outra funcionalidade interessante é o uso do Reels, que se destaca por aumentar o número de entregas em comparação a um vídeo comum postado no feed. Você pode criar vídeos curtos com trechos das suas músicas, realizar duetos com as suas celebridades favoritas ou vídeos em respostas para elas.  Por ser fácil de criar, rápido e barato, essa é uma excelente opção para quem quer se aproximar do seu próprio público e viralizar.

Twitch

aplicativo twitch

A Twitch TV é uma rede social que permite lives e que se popularizou como a principal plataforma de streaming para os gamers. Por causa das suas funcionalidades, o site vem ganhando cada vez mais espaço no meio musical. Grandes nomes como Justin Bieber, T-Pain, Brendon Urie, Anitta, Pitty e Marcelo D2 estão divulgando seu trabalho por lá.

A Twitch também tem feito sucesso entre artistas independentes, por permitir várias lives na mesma semana, além de não derrubar transmissões ao vivo por causa de direitos autorais caso seja reproduzida a música de outro artista, como ocorre em outras plataformas. 

As lives podem ser vistas por todos, porém existe uma opção de assinatura paga com alguns benefícios como a visualização sem anúncio. Para o artista, existe a possibilidade de remuneração por doações dos fãs ou por pagamentos realizados pela plataforma a partir de um certo número de visualizações.

Para iniciar suas lives por lá, basta criar uma conta e selecionar a opção produtor de conteúdo, também chamado de streamer. A plataforma também se destaca por ser bastante intuitiva. 

Dica bônus

instagram nena queiroga

O Linklist te ajuda a compartilhar mais do seu trabalho! A plataforma permite que você reúna diversos links como os de um álbum, single, Spotify, Soundcloud, vídeos do YouTube, entre outros, em um só link. 

Além disso, também é possível divulgar suas outras redes sociais como TikTok, Twitter, agenda de shows e tudo que você precisa para que seus fãs te acompanhem de perto. O melhor é que isso pode ser feito gratuitamente.

Clique aqui e experimente já 🙂